Próximo jogo / Classificações

Classificação Final Liga Nos 16/17 - 1º Benfica 34 jgs, 82 pts; 2º FC Porto 34 jgs, 76 pts; 3º Sporting 34 jgs, 70 pts
Classificação Final Ledman Ligapro 16/17 - 1º Portimonense 42 jgs, 83 pts; 2º Aves 42 jgs, 81 pts; 14º Sporting B 42 jgs, 55 pts

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Sporting 1 - Nacional 0


" Nervos à flor da pele. " Poderia muito bem ter sido este o título de um argumento, para o filme do jogo que se realizou esta noite passada em Alvalade, entre o Sporting e o Nacional da Madeira. O Sporting conseguiu felizmente os três pontos, mas só quem assistiu e presenciou o jogo é que pode ter uma ideia, do sofrimento e do martírio, pelo qual a nossa equipa passou para os conseguir. É bem verdade, que as equipas neste momento da época não se encontram ainda nem numa boa forma física, nem psíquica, como ainda ontem pudemos verificar no Dragão, mas que esperávamos mais da nossa equipa, ai isso esperávamos. Ainda por cima saiu-nos a sorte grande, jogámos contra dez durante praticamente 60 minutos e por muito pouco, que quase não conseguíamos aproveitar essa vantagem numérica. Não consegui gostar das exibições de alguns jogadores leoninos, por exemplo da de Esgaio, de Jefferson, de João Mário, de Ruiz e de Teo, só para enumerar estes. Os laterais não deram a profundidade necessária, o João não apareceu em zonas de concretização, Ruiz não conseguiu desequilibrar, e um dos nossos artilheiros esteve claramente em noite não. Valeu-nos Jorge Jesus, que lançou atempadamente Montero, Mané e André Martins, sendo que dois deles, foram os obreiros da obra de arte que nos fez subir à liderança do campeonato, ainda que empatados com o Porto. Em frente, Sporting. Saudações Leoninas. 

PS Não me quero estar a alongar sobre a questão Carrillo, até porque não se vê ainda uma luz ao fundo do túnel para a sua resolução, mas quero realçar com muito agrado as muito boas prestações de Gelson, de Mané e de Matheus este por enquanto ainda na nossa equipa B. Aconteça o que acontecer com Carrillo, temos o nosso futuro garantido. E essa é uma das nossas maiores riquezas, que temos que preservar.        

Sem comentários:

Enviar um comentário