Próximo jogo / Classificações

Classificação Final Liga Nos 16/17 - 1º Benfica 34 jgs, 82 pts; 2º FC Porto 34 jgs, 76 pts; 3º Sporting 34 jgs, 70 pts
Classificação Final Ledman Ligapro 16/17 - 1º Portimonense 42 jgs, 83 pts; 2º Aves 42 jgs, 81 pts; 14º Sporting B 42 jgs, 55 pts

domingo, 24 de abril de 2016

Sporting 2 - União 0

Com a vitória da tarde passada em Alvalade frente ao União, o Sporting consumou um dos seus dois grandes objetivos para esta época desportiva. O apuramento direto para a Liga dos Campeões foi conseguido e com ele uma entrada mínima nos cofres leoninos, na ordem dos doze milhões de euros. Quanto ao outro objetivo veremos se Deus estará do nosso lado, é porque o calendário em teoria não nos favorece nada em comparação com o do nosso rival Benfica. Todavia a esperança será sempre a última a morrer, e caros sportinguistas que o título era bem merecido e que nos assentava que nem uma luva, ai isso ninguém ouse duvidar. Regressando à jornada 31º o nosso clube recebia o aflito União, aquele mesmo que nos tinha retirado três injustos pontos na primeira volta da competição. Jorge Jesus apresentava desta vez como novidade a inclusão de Marvin e Bruno César na ala esquerda, e Brian Ruiz inicialmente no banco de suplentes. Poder-se-ia pensar que se apresentaríamos algo inoperantes por essa mesma ala, puro engano, foi por essa mesma zona que nasceram os golos leoninos. Marvin  Zeegelaar esteve na duas assistências a primeira para Teo aos 7 minutos de jogo e a segunda para João Mário aos 19, diga-se que o trabalho do nosso treinador com o holandês já começa a dar resultados. Após os golos a nossa equipa como que adormeceu e não mais conseguiu violar as redes de Gudino, não que as oportunidades não tivessem sido criadas mas talvez porque no subconsciente dos atletas algo tivesse acontecido. O Sporting limitou-se a controlar a partida sem se expor demasiado, Jorge Jesus aproveitou ainda para proteger Slimani para o Dragão retirando-o de jogo e até final pouco mais existe a assinalar, até porque o União pouco fez para mudar o rumo dos acontecimentos. Notas finais para realçar até agora o brutal trabalho de todo este enorme grupo de trabalho leonino, destacando o presidente e restante departamento de futebol, realçando os nossos corpos técnicos e clínicos e terminando nos nossos grandes artistas, que são os atletas que compõem a equipa profissional do Sporting Clube de Portugal. Um bem haja a todos eles. Por último destaco a melhor e mais fiel massa adepta do mundo, que são os sócios e adeptos do nosso clube, sem eles tudo seria mais difícil. Eles que estão presentes nas boas, mas também nas más horas, allez Sporting allez. Saudações Leoninas.     


PS Para mais tarde recordar, de referir ainda que a equipa de Jorge Jesus igualou ontem dois feitos. Faltando ainda três jornadas para o término do campeonato, igualou o recorde de vitórias do Sporting na Liga ( 24ª ) e também o máximo de pontos com os 77 já alcançados. 

Sem comentários:

Enviar um comentário