Próximo jogo / Classificações

Classificação Final Liga Nos 16/17 - 1º Benfica 34 jgs, 82 pts; 2º FC Porto 34 jgs, 76 pts; 3º Sporting 34 jgs, 70 pts
Classificação Final Ledman Ligapro 16/17 - 1º Portimonense 42 jgs, 83 pts; 2º Aves 42 jgs, 81 pts; 14º Sporting B 42 jgs, 55 pts

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Parceria Sporting / Tavira

Finalizada que está a 78ª Volta a Portugal em bicicleta, e com o calendário velocipédico nacional deste ano quase a terminar, é esta a melhor altura para se fazer um balanço. Como sabemos o Sporting aliou-se ao Clube de Ciclismo de Tavira para regressar à estrada neste ano " zero ", e apesar de os resultados desportivos não terem sido os melhores, Vicente de Moura já confirmou que para o ano cá estaremos novamente. Tenho a certeza absoluta que era isto que a maioria esmagadora dos sportinguistas e dos tavirenses quereria ouvir, a promessa da continuação de uma aliança que se espera que venha a trazer ainda mais sucessos futuros. Falando agora mais concretamente sobre a vertente desportiva, podemos referir que só no 39º Troféu Joaquim Agostinho ( realizado entre 7 e 10 de julho passado ), é que demos um ar da nossa graça através do nosso chefe de fila o italiano Rinaldo Nocentini que foi rei e senhor da mesma, conquistando-a com inteiro mérito. Convém referir também que nesta prova mas na geral por equipas o Sporting / Tavira iria quedar-se apenas pelo 12º lugar, o que deveria ter sido logo um claro sinal de alerta. Na prova rainha nacional a Volta a Portugal ( realizada entre 27 de julho e 7 de agosto ), o Sporting / Tavira baqueou em quase todos os aspetos, sendo que o único sinal positivo em toda a prova foi dado por Jesús Ezquerra que conquistou a 8ª etapa da prova. Notamos ao longo das etapas da Volta, que o Sporting / Tavira comandado por Vidal Fitas tem algumas boas individualidades mas não tem uma verdadeira equipa ( nunca em momento algum conseguimos controlar a corrida ), e isso no ciclismo de competição paga-se bastante caro. Na classificação final individual Nocentini ficou apenas no 21º lugar, tendo sido o nosso melhor atleta em competição, já quanto à classificação por equipas quedamo-nos somente pelo 8º lugar. Em conclusão, é importante repensar o que esteve bem e o que correu mal, para que para o ano o Sporting / Tavira, possa ombrear com uma W52 / FC Porto ( a atual grande dominadora ), uma Rádio Popular / Boavista, uma Efapel, ou até mesmo com um Louletano / Hospital de Loulé. Em frente Sporting / Tavira. Saudações Leoninas. 

  
PS Nota final para vos dizer que no meu simples entendimento isto não tem muito que saber. É como no futebol, ou como nas restantes modalidades, para ganhares precisas dos melhores. É atacar o mercado e trazer bons trepadores, bons roladores, bons sprinters e bons atletas que trabalhem para o coletivo, para termos assim uma equipa mais forte e competitiva. A juntar à maior parte dos atletas que temos, nomes como os de Daniel Silva, Jóni Brandão, Amaro Antunes, Ricardo Mestre, Daniel Mestre ou Hernâni Broco, viriam certamente a cair que nem ginjas neste nosso projeto em comum com o Clube de Ciclismo de Tavira. Aguardemos serenamente.               

4 comentários:

  1. Gostava de ter um pensamento positivo sobre este assunto, não me ocorre nenhum, desde uma pseudo aliança com a W52, publicitada na Sporting TV, desde o rompimento com a mesma, desde a entrada no ciclismo sem as MÍNIMAS condições que garantissem uma classificação pelo menos honrosa, já que era o primeiro ano até à glória do 21 geral e 8º por equipas, isto é vergonhoso e não honra o nome do SCP e do grande Joaquim Agostinho, é efectivamente manifesta incompetência de quem gere em cima do joelho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Carlos,

      concordo contigo, o caso da W52 foi muito mal gerido pela nossa parte, todavia convém não esquecer que a intromissão do Porto foi crucial no desenrolar dos acontecimentos,

      quando falas em incompetência não me parece que assim tenha sido, a questão é que os melhores atletas já estavam contratados e o investimento feito por nós foi curto,

      cumprimentos,

      SL

      Eliminar
    2. Boa noite,
      Se os melhores atletas já estavam comprometidos, a única posição que salvaguardava os superiores interesses do SCP era o adiamento. Não se pode fazer as coisas em cima do joelho, o resultado está à vista, desculpa insistir mas parafraseando o presidente "Temos que ter uma cultura de exigência" não se pode compactuar com a mediocridade.
      SL

      Eliminar
    3. Olá novamente Carlos,

      o presidente não podia defraudar as expetativas e arriscou com o Tavira, não correu desportivamente muito bem como sabemos, mas a parceria está de pé e recomenda-se,

      como sabes os investimentos das modalidades são canalizados através das quotizações dos sócios, o que nos deixa antever uma próxima época desportiva bem melhor do que esta, ( neste momento devemos estar a atingir a barreira dos 145 mil sócios ),

      cumprimentos,

      SL

      Eliminar